About Us

3Storm

In 2012, the University of Pittsburgh funded our start-up with three founding members; Tony, Steve, and Ric. We specialize in Continuing Education management and our products have an emphasis on desktop and mobile technology. Our team is uniquely made up of two practicing registered nurses and a software developer with experience in mobile app design. With an eclectic mix of skills and experience, our team is able to bring a different approach to problem solving. Steve and Tony have a history in healthcare at the ground level, and Ric offers unique insight to applying technological solutions on both the desktop and mobile platforms.

Each of us is passionately dedicated to our professions. Over the last few months, we have created a new way of thinking in the healthcare industry. Although advancements for life saving equipment, procedures, and drugs seem to be the focus of technological research, we see a different area of healthcare to improve upon; personal data management.

We are excited to base our company in Pittsburgh because we feel that our lives have become intertwined with this great city. Carnegie Mellon University and the University of Pittsburgh have educated us, the city’s tenacity and resilience have inspired us, and its blue-collar roots have reminded us to never lose sight of our values of hard work and determination. Ultimately, we are committed to the advancement of healthcare.


Steve Benso

Steven Benso is a graduate from the University of Pittsburgh’s Emergency Medicine Program. After he obtained his first bachelor’s degree, he continued in healthcare to become a registered nurse, and then obtained his second bachelor’s degree in nursing from Chatham University. Seeking advancement in the nursing field, he later completed his Critical Care Registered Nurse certificate. He currently works for the University of Pittsburgh department of neurosurgery as a clinical coordinator.

His current duties include managing multiple government-funded research projects involving patients with traumatic brain injuries. He previously managed critically ill patients as a senior staff nurse in the Trauma ICU at UPMC Presbyterian. Through the years, Steven has been part of numerous major nursing initiatives. As an example, in 2008 he traveled to ISMET, a UPMC affiliate hospital in Sicily, Italy, where he implemented hospital-wide protocols to decrease central line infection rates. He enjoys traveling and learning about different cultures around the world with his wife, Jade.


Tony Chao

Anthony Chao earned his first bachelor’s degree in industrial design from Carnegie Mellon University in 2001. Soon after, he found his calling in the healthcare field in emergency medicine as a paramedic. Realizing that he wanted to help people further, he returned to school at the University of Pittsburgh where he attained his second bachelor’s degree in nursing. Most recently, he worked at UPMC Presbyterian’s Trauma ICU as a senior staff nurse and was cited for numerous achievements. Most notably, he created, designed, and implemented an electronic change-of-shift tool to aid in nurse-to-nurse communications. The project was awarded second place at the hospital-wide annual Quality Fair in 2012, and was published in Nursing Critical Care, a scholarly nursing journal.

Anthony is currently pursuing his Master’s degree in the nurse anesthesia program at the University Of Pittsburgh School Of Nursing. In his free time, he enjoys playing at the train table with his four-year old son Zachary, and hiking in the woods with his wife, Emily and chocolate lab, Ursa.


Ric Fera

Ric Fera is the IT Coordinator for the University of Pittsburgh’s School of Nursing. His work at Pitt includes all things IT, from server administration, to web development and end user support. He has been with the university since 2005.

Ric is a graduate of the Art Institute of Pittsburgh and holds an Associate’s degree in Animation and Multimedia. He is also a graduate of the University of Pittsburgh’s School of Information Sciences with a Bachelor’s degree in Networks and Security and a certificate in GIS. His coursework included location-based mobile application development, and social media and online marketing.

“As far back as I can remember I have been fascinated by gadgets and electronics. Once I got my first computer, and then smart phone (Kyocera 6035), there was no turning back. It’s a great time to be working with technology as new hardware becomes smaller and more powerful while software advances daily. Mobile computing is here to stay and it’s great to be a part of software development that enriches peoples lives.”

Ric grew up in the South Hills of Pittsburgh and currently makes his home in the city with his wife, Jessica, and their dog, Gracie. When he’s not working, he enjoys traveling and taking in Pittsburgh’s great outdoors, from the rivers to the ever growing number of bike trails and parks.


Dan Grant

Dan joined our team in January of 2014. Originally a Scot, Dan is an entrepreneur with a passion for technology. He is experienced in start-up, early stage and turnaround situations, particularly in high technology and software companies. He is an acknowledged expert in creating and managing fast growth business environments in cloud computing, SaaS, RFID and financial services in US and Europe. Over the past 30 years, he has been involved in a number of highly-praised companies and has won numerous awards and plaudits.

Dan holds a B.Sc., Computer Science, from the University of Portsmouth (UK) and has undertaken Post-graduate studies at Carnegie-Mellon University. He is also a Fellow of the British Computer Society (FBCS).

Dan has also been an adjunct Professor of Business and Entrepreneurism at Pennsylvania State University, a college Head Soccer Coach and a professional athlete. Dan lives in Sewickley with his wife, Gaynor. He has three children, a dog named Dougal and enjoys travelling, classic cars and eating (as Gaynor is a gourmet chef).

Recent Posts

Blogando Empreendedor: Blogar é o perfeito negócio online

Se alguém lhe dissesse que você poderia criar um negócio global, completamente por graça, com nada apenas as ferramentas que o visitante já possui, e este investimento do seu tempo, você questionaria sua sanidade.

No entanto, é especialmente verdade. Se o blogging agrada a você, o visitante pode produzir um empreendimento viável na Internet dentro de alguns meses: criarblogpro.com.br de graça.

Blogar é 1 novo desenvolvimento em negócios online. Essencialmente, é a publicação instantânea. Como o blogue empreendedor é especialmente tão moderno, você tem uma colossal oportunidade por construir este seu empreendimento antes de que os outros copiem este que você está tomando, então comece agora e comece a construir seu próprio império online.

Vejamos cinco modelos de negócios para o seu moderno negócio de blogs na Internet. Esses cinco modelos podem ser combinados se você desejar que não haja regras em blogs. Você pode alterar o modelo de negócios de um blogue a qualquer momento para um modelo que gere mais receita.

Cada 1 desses modelos tem o potencial do gerar uma renda do seis dígitos. Eles são:

– Blog (s) afiliado (s)

– Blog (s) do editor da Web

– Blogue (s) por vendas

– Blog (s) de serviço

– Rede (s) por blogs

Vamos ver esses modelos um por um.

Blog (es) afiliado (s)

Muitas companhias desenvolvem programas afiliados, visto que podem recrutar uma peso de vendas de milhares de vizinhos, com pouca despesa. Este apelo dos programas por afiliados para os comerciantes da filial é de que você não precisa do um produto ou serviço que você pode começar a vender suplementos alimentares de outras pessoas, por comissão.

Se você pretende criar um blog afiliado, selecione estes produtos de que você estará vendendo antes de criar este blog. Isso é porque você deseja ter certeza de que existem uma ampla gama por produtos de que você pode vir a promover. Não há é terrível desenvolver um blog e descobrir que o poço é seco: você escolheu um nicho onde os produtos raramente mudam e em de que os produtos são tão padronizados que não existe nada moderno para escrever ou criar podcast.

Blog (s) do editor da Web

Nesse modelo, seu blog é especialmente o equivalente on-line por uma revista. Assim como uma revista tem recursos e publicidade, o mesmo sucede com o seu blogue. Nesse modelo de negócios, seu conteúdo é vital, porque você está contando com seu conteúdo para atrair anunciantes.

Se você optar por desenvolver um blog do editor da Web, terá ótimos modelos para as milhares por revistas publicadas todos estes anos. Confira algumas por suas revistas favoritas. Normalmente, uma revista mensal terá um ponto para cada edição a cada 30 dias, com duas ou muito mais histórias dedicadas a esse tema. A revista publica seu calendário editorial com um ano de antecedência, para que os anunciantes possam alinhar sua anuncios para um problema especial.

Blog (s) de vendas

No modelo de vendas, você dedica um blog a 1 único resultado ou intervalo de suplementos alimentares. Quando empresas off-line iniciam blogs, seus blogs são blogs de vendas de que usam seus blogs para vender seus produtos. Se você possui produtos de que deseja vender, um blogue de vendas é um excelente modelo de negócios. Você poderia vender um produto que você criou 1 ebook, 1 DVD, ou um produção de feição ou produtos que você compra do outros, e revende.

Se você já administra 1 negócio, pode vir a começar 1 blog empresarial para atuar como o braço de marketing do negócio.

Por outro lado, se você não tem um negócio, procure criar suplementos para o visitante ou compre produtos que possa revender em seu blogue. Procure nas suas Páginas Amarelas locais para companhias de manufatura: você pode encontrar suplementos alimentares que possa revender com lucro. Naturalmente, existem inúmeras empresas atacadistas on-line, mas o benefício de lidar com um fornecedor terreno é de que você pode inspecionar os produtos de que está vendendo, para garantir a qualidade. Seus custos de envio também serão baixos, resultando em mais lucro para você.

Blogue (s) por serviço

Enquanto o blogue de vendas vende suplementos, o blogue de serviços vende serviços. Se você tem 1 serviço de que você vende, então o visitante pode criar um blogue para ocasionar clientes para seus serviços. Ou você poderia alienar os serviços de outras pessoas através de 1 blog.

Se você permanecequeda vendendo 1 serviço, sabe que foi difícil se diferenciar dos milhares por outros que estão vendendo o exatamente serviço. 1 blog é especialmente uma forma de fazer isso. Se você é especialmente um treinador de dança, por exemplo, o visitante tem demasiado o de que escrever. O visitante atrairá alguns novos negócios e poderá gerar receitas adicionais ao solicitar que seus fornecedores de aparelhamentos anunciem em seu blog.

Rede de Blog (s)

As redes do blogs são grupos de blogs do editores da Web formados em uma rede. Têm a possibilidade de haver meia dúzia, ou centenas, dependendo das ambições e interesses do dono da rede. As redes de blogs geralmente obtêm sua receita de anuncios.

Se você quer desenvolver uma rede de blogs, seus objetivos serão: progredir uma missão para a rede, natural como uma ideia clara de onde e como você adicionará blogs à rede, e onde e como o fluxo de receita será construído.

Então, você tem isso. Cinco modelos de negócios diferentes para o seu negócio de Internet baseado em blogs. Agora tudo o que você precisa para construir seu moderno negócio na Internet é especialmente entusiasmo, inspiração e tempo.

  1. Alternatywy pozyczek dla przedsiebiorstw sa dotkniete komercyjnymi zmianami kredytowymi Leave a reply
  2. Hello world! Leave a reply
  3. How To Use Stress Operations in order to avoid Losing Out Leave a reply
  4. How To Use Stress Control in order to avoid Losing Out Leave a reply
  5. How To Use Stress Administration to stop Losing Out Leave a reply
  6. How To Use Stress Management to Avoid Eliminating Out Leave a reply
  7. How To Use Stress Administration to Avoid Burning up Out Leave a reply
  8. How To Use Stress Managing to prevent Eliminating Away Leave a reply
  9. Using Stress Managing in order to avoid Getting rid of Away Leave a reply